Está com ansiedade? Experimente estes recursos de como um cristão pode lidar com a ansiedade

7 minutos para ler

Se você está lutando contra a ansiedade como cristão, aqui estão oito ferramentas que podem ajudá-lo a passar do estresse à calma. Neste artigo, ensinaremos como aprender versículos da Bíblia pode mudar seus pensamentos; por que a meditação funciona; uma técnica de respiração poderosa para relaxar no meio de um ataque de pânico; como uma pausa nas notícias e nas redes sociais pode ser o que você precisa; por que você deve pedir a outras pessoas para orarem por você; o poder de se exercitar; e os benefícios de manter um diário quando se tem ansiedade.

1: Leia, contemple e memorize esses versículos da Bíblia.

Quando estamos estressados ​​ou ansiosos com alguma coisa, muitas vezes repetimos uma história negativa para nós mesmos, mas ler e memorizar as escrituras substitui essa conversa interna negativa por quem Deus afirma que somos.

O Salmo 23:4 diz: “Ainda que eu ande pelo vale mais escuro, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e teu cajado me confortam.” Que bela imagem de como Deus está sempre conosco, mesmo em nossos momentos mais sombrios. Da próxima vez que se sentir sozinho em sua ansiedade, declare este versículo sobre sua vida em alta voz.

Outro versículo que vale a pena memorizar para ansiedade é Filipenses 4:6-7. Ele nos lembra: “Não fiquem ansiosos com coisa alguma, mas em cada situação, pela oração e súplica, com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que transcende todo o entendimento, guardará seus corações e suas mentes em Cristo Jesus.” Imagine ser capaz de entregar todas as suas preocupações e estresse para outra pessoa – é exatamente o que este versículo está dizendo que podemos fazer! Ele apresenta um plano de ação claro: ore, agradeça a Deus e peça a Ele o que você precisa, o que nos leva perfeitamente à dica a seguir.

2: Reserve um tempo para orar e meditar todos os dias.

Ao desacelerar nossa mente e focar em uma coisa só por meio da oração e da meditação, os pensamentos revoltos em nossa cabeça podem começar a se desfazer. A oração nos permite entregar todas as nossas inquietações e preocupações a Jesus, e a meditação cristã é apenas uma forma de “nos aquietar e saber que [Ele é] Deus”, como diz o Salmo 46:10.

Em seu livro “Get Your Life Back”, John Eldridge discute a prática de uma pausa diária. Ele sugere definir um alarme nos lembrando de separar um ou dois minutos para diminuir o ritmo, meditar e orar. Uma das frases que ele repete durante a pausa é particularmente útil para quem está ansioso. “Eu entrego tudo e todos para Ti, Senhor”, ele ora. Dizer isso repetidamente tem um efeito de alívio do estresse, pois não somos mais os únicos portadores de nossos fardos.

Quer uma meditação prolongada para ansiedade? Experimente esta meditação de dez minutos no aplicativo Glorify, Deus está com você.

3: Peça aos amigos e familiares para orarem por você.

Friends praying for each other.
Foto de Priscilla Du Preez

Às vezes, pode parecer que a ansiedade e o estresse são demais para enfrentarmos sozinhos, mesmo orando e meditando na Palavra. Como cristãos, temos o benefício de pedir aos irmãos que orem por nós.

Não tenha medo ou vergonha de pedir oração; a maioria das pessoas provavelmente já experimentou algum tipo de ansiedade. Quando você se sente estressado ou ansioso, saber que alguém está orando por você é um grande consolo. Se você não tem ninguém em sua vida que possa orar por você, pergunte a um pastor em sua igreja ou visite o site de uma congregação, pois muitos têm formulários de pedido de oração.

4: Use a técnica do SEAL da Marinha para aliviar o estresse.

A ansiedade muitas vezes transforma nossa respiração em rajadas rápidas e superficiais, nos deixando tontos e ainda mais estressados, então, da próxima vez que sentir sua respiração alterando, experimente a respiração em caixa.

A respiração em caixa é uma forma de respiração usada pelos SEALs da Marinha dos Estados Unidos devido à sua capacidade de acalmar a mente rapidamente, reduzir o estresse e melhorar o humor. De acordo com a Mayo Clinic, esse tipo de respiração funciona pois relaxa o sistema nervoso autônomo.

Faça assim:

Feche os olhos e respire fundo pelo nariz e conte até quatro.

Prenda o ar por mais quatro contagens.

Expire pelo nariz por mais quatro contagens.

Prenda o ar pela parte inferior do pulmão e conte até quatro novamente.

Repita pelo menos quatro vezes.

Se a maior força de elite do mundo usa essa técnica, ela tem que funcionar, certo?

5: Desligue as notícias.

Estamos vivendo um dos tempos mais estressantes da história recente, e nossa mente nunca foi projetada para lidar com o constante ataque de notícias sobre tragédias de todos os cantos do planeta. Isso é o suficiente para fazer qualquer um querer rastejar para dentro de um buraco e hibernar até que tudo isso passe.

Um estudo global descobriu que cerca de 1 a cada 14 pessoas em todo o mundo sofre de ansiedade, e isso foi em 2012, antes do estresse adicional da pandemia COVID-19. Imagine quão altos os números devem ser agora, quando continuamente nos dizem que o mundo está entrando em colapso. É por isso que uma das melhores coisas que você pode fazer para lidar com a ansiedade é limitar o recebimento de notícias. Comece olhando apenas uma vez por dia. Se você conseguir, faça intervalos ainda mais longos. Se o mundo entrar em colapso, alguém certamente lhe dirá.

6: Dê um tempo das redes sociais.

Você já se sentou para dar uma olhada rápida nas redes sociais e quando se deu conta duas horas haviam se passado? Não só isso, mas geralmente saímos nos sentindo um lixo sobre nossa vida e nos comparando a feeds perfeitamente montados. Uma rápida curtida na postagem de um amigo, uma roladinha pelos perfis das celebridades favoritas ou postar uma foto bem editada pode parecer divertido; no entanto, estudos descobriram que o uso de mídia social aumenta o risco de depressão e ansiedade.

A ideia de fins de semana sem mídia social começou a decolar até mesmo entre a comunidade de influenciadores. Por que não tentar e ver se você sente falta de ficar arrastando o dedo na tela do celular para ver fotos? Se for possível, considere desistir do uso por completo até que sua ansiedade diminua. Você pode sentir falta do Instagram, Facebook e Twitter em determinados momentos, mas com o tempo, a falta de comparações constantes e visualizar fotos tratadas te levarão a um estado mental muito mais saudável. Use todo esse tempo extra para uma atividade que diminua a ansiedade e seja edificante.

7: Aumente sua frequência cardíaca por meio de exercícios.

Às vezes, é preciso suar para conseguir desacelerar os pensamentos. O exercício é a atividade mais potente para acabar com a ansiedade, porque produz endorfina, a substância química responsável por nos fazer sentir bem. Se correr, andar de bicicleta ou ir à academia não é sua praia – tente caminhar. Uma mudança de cenário também distrairá sua mente.

8: Escreva.

Suponha que você ainda tenha muitos pensamentos o deixando ansioso; tente escrever tudo. Pegue um pedaço de papel e anote tudo o que vier à mente. Pode não fazer sentido, pode ser uma lista de tarefas ou uma carta para alguém que o magoou, mas há algo libertador em tirar isso de nossa cabeça e colocar os pensamentos no papel.

Se você preferir tentar um método mais formal, como registro no diário, confira nosso artigo sobre Como iniciar um diário bíblico … e o que fazer quando estiver travado.

Finalmente, não tenha medo de pedir ajuda.

Há uma grande diferença entre sentir-se ansioso e a ansiedade clínica, e isso se distingue principalmente em relação a quanto tempo os sentimentos permanecem, quão intensos eles são e se eles se tornaram insaciáveis. Se você achar que sua ansiedade está aumentando ou se sente desesperado, peça ajuda a um médico.. 

 

Download Glorify app