Cinco Maneiras Fáceis de Incluir a Adoração Informal em Nossa Rotina Diária

5 minutos para ler

O que é adoração informal?

Antes de pensarmos sobre o que é adoração informal, vamos voltar atrás e nos lembrar do significado de “adoração”. Na Bíblia, a palavra grega ‘proskuneo’ é usada 61 vezes para “adoração”. Deriva de duas palavras-raiz que juntas significam, “vir para beijar”. Esta é a essência de nossa adoração; virmos ao nosso Deus para adorá-lo em intimidade.

Como cristãos, tendemos a fazer isso com mais frequência nas igrejas, mas como vimos nos últimos dois anos, às vezes não podemos nos reunir com nossa família da igreja. Isso pode ser devido a doença ou incapacidade, ou como nunca teríamos pensado que veríamos em nossa vida, uma pandemia global. É maravilhoso cantar e louvar a Deus com os outros, mas estamos “marcando bobeira” se esse for o único momento da nossa semana em que vamos a Deus para adorá-Lo.

Preparado para o futuro

A realidade é que não sabemos o que está por vir, e é tão importante nos conectarmos com Deus, por meio da adoração informal, para manter essa Sua vida que habita dentro de nós fluindo em nosso interior. Lembre-se, a adoração não é apenas cantar, é trazer a nós mesmos diante dEle e vir da forma que estivermos. Paulo ora:

“Oro para que com suas gloriosas riquezas ele possa fortalecê-los com poder por meio de seu Espírito em seu ser interior, para que Cristo possa habitar em seus corações pela fé.” (Efésios 3:16).

Então, qual é a definição de adoração informal? É ir ao encontro de Deus em nossas vidas diárias, fora do ambiente formal da igreja, abrindo espaço para ouvi-Lo e dando-Lhe louvor e glória, onde quer que estejamos e o que quer que estejamos fazendo. Aqui estão cinco exemplos simples e práticos de adoração informal que você pode incluir em sua rotina diária.

  1. Comece o dia com uma pausa de 5 minutos

Às vezes, encontrar-se com Deus é fazer uma pausa no início do dia, antes de mergulharmos em suas demandas.  Será que você pode tirar cinco minutos, talvez em uma poltrona com um café, só para estar com Deus? Martin Luther disse a famosa frase:

“Tenho tanto a fazer que passarei as primeiras três horas em oração”.

Às vezes, o ato de ir primeiro a Deus, antes de qualquer outra coisa, é como acalmar as águas de nosso esforço. Mesmo cinco minutos com Ele permitirão que as coisas se encaixem. Será que você está cuidando de um parente idoso ou de uma criança muito pequena e literalmente não tem um segundo para si? Por que não colocar o aplicativo Glorify para escutar, enquanto seu filho brinca ou você faz outras tarefas, para se abrir para a presença de Deus?

  1. Traga Deus para o seu exercício diário

Salmo 24:1 nos lembra que “A Terra é do Senhor e tudo que nela há”. Podemos transformar tudo o que fazemos em um ato de adoração. Eu gosto muito de me esticar na minha esteira de Pilates, afrouxar as áreas de tensão me lembra de levar minhas preocupações a Deus.

Caminhar me faz lembrar de persistência, outro dia mesmo, enquanto subia uma colina com meu marido e meus filhos, pensei em uma oração que venho orando há anos. Subir ladeiras também muda a perspectiva, ajudando-nos a ter um olhar diferente sobre as situações de nossas vidas. A natureza fala o tempo todo e nos lembra o milagre da vida no dia a dia. No entanto, se você não pode sair facilmente, você ainda pode observar a natureza da janela ou trazer plantas para sua casa. Regeneração, renovação, flor e fruto podem nos falar sobre os caminhos de Deus.

A man sitting on top of a hill looking out over clouds at sunset, enjoying an informal worship time.

  1. Faça o que fizer, faça por Deus!

O irmão Lawrence, um monge francês do século 12, era cozinheiro na cozinha de seu mosteiro. Ele disse: “Possuo Deus tão pacificamente no alvoroço de minha cozinha […] quanto de joelhos diante do Santo sacramento.”

E passou a dizer: “Nossa santificação não depende de alguma alteração no que fazemos, mas em fazer para Deus o que normalmente fazemos para nós mesmos.”[1]

Quer estejamos cozinhando o jantar para a família ou lavando roupa, podemos fazer isso para Deus. Ele não está longe de nós. Em um verão, trabalhei em uma fábrica de iogurte, embalando iogurtes em colares de papelão, por oito horas seguidas. Minha mente vagou e comecei a orar e cantar canções de adoração em minha cabeça. Foram tempos incríveis de estar com Deus! Às vezes, é preciso um pequeno empurrão para nos lembrar que podemos convidar Deus para tudo!

  1. Faça algo diferente

Às vezes falamos com Deus durante o dia, mas outras vezes precisamos que nossa adoração informal seja separada. Nessas horas, o simples ato de sentar em frente ao fogo ou ouvir música pode acalmar nossas almas. A correria do mundo pode esperar. Simplesmente pare. Fique quieto e faça algo um pouco diferente.

  1. Feche o dia com Deus

Finalmente, no final do dia, vá até Deus. Agradeça pelas bênçãos e traga a Ele as preocupações. Descanse no conhecimento de que Ele vê você e todo o malabarismo que faz para dar conta de suas atividades;

“Você sabe quando eu sento e quando eu me levanto; você percebe meus pensamentos de longe.” (Salmo 139:2).

Pensamentos finais

Além disso, o diário é muito útil neste momento, pois me lembra da fidelidade de Deus. Anoto minhas orações e todas as preocupações que estou carregando naquele dia. No final do ano, eu releio e vejo a fidelidade de Deus em minha vida dia a dia.

Confira esta postagem do blog para mais maneiras de adorar a Deus durante a semana.

[1] Brother Lawrence, The Practice of the Presence of God (London: Hodder and Stoughton, 1981)

Download Glorify app

Comece a desenvolver bons hábitos hoje!

Baixe agora!
;